6 curiosidades sobre a LBFF 7 que você provavelmente não sabia

Recordes a serem quebrados, transmissões simultâneas em TV aberta e fechada e mudanças nas escalações marcam este início da etapa
6 curiosidades sobre a LBFF 7 que você provavelmente não sabia

Ronny Rolim

Faltam poucos dias para começar a próxima etapa da Liga Brasileira de Free Fire (LBFF), campeonato oficial do Battle Royale mobile mais baixado do mundo, de acordo com dados da Sensor Tower. Com a competição já quase virando a esquina, é hora de listar 6 curiosidades sobre a LBFF 7 que você provavelmente não sabia e já ficar de olho no que pode vir por aí. 

Antes de mais nada, no próximo sábado (5), 12 equipes se enfrentam na busca pelo título de melhor time de Free Fire do Brasil e concorrem a uma premiação total de R$ 745 mil. Além disso, a transmissão da Série A da LBFF 7 será realizada sempre aos sábados e domingos às 13h (horário de Brasília) com exibição na “RedeTV!” (TV aberta) e às segundas-feiras, às 20h (horário de Brasília) com exibição no SPACE (TV fechada), além dos canais oficiais no YouTube, BOOYAH e TikTok

Lembrando que os fãs também poderão acompanhar um compacto dos melhores momentos da rodada, que será exibido nas madrugadas das segundas para terças-feiras, às 00h30, na “Rede TV!”.

9 curiosidades sobre a LBFF 7

No geral, a competição este ano terá ainda novos casters e comentaristas comandando as 28 rodadas. Camilota, MurilloShooow, Samuca, Carlos, Croft, Pires, Carol Bombshell e Joker guiarão o público por todas as disputas até a grande final, que está marcada para o dia 16 de abril.

1. Recordes a serem quebrados

Cauan7 da LOUD
Cauan (Cauan7) da LOUD, foi o primeiro jogador a conquistar 400 abates na LBFF — Foto: Cesar Galeão

Na LBFF 6, Cauan, da LOUD, se tornou o primeiro jogador da história da LBFF a conquistar 400 abates. Com 432 abates, ele disputará com JapaBKR  para ver quem atingirá primeiro a marca de 500 abates. BKR lidera o ranking atualmente e possui um total de 437 abates. Além deles, Deadgod (387) e Modestia (378) também podem atingir a marca na próxima etapa.

No quesito quedas, JapaBKR deve ser o primeiro atleta a bater 400. Hoje, o jogador do Fluxo tem 395. Logo atrás, vem seu irmão, DeadGod, da Vivo Keyd, que possui 393 quedas e deve ser o segundo atleta a bater a marca de 400.

Outros jogadores que também podem bater as 400 quedas nessa LBFF são Cauan e Kronnos, da LOUD, com 326 e 347, respectivamente; Modestia e General, da Vivo Keyd, com 351 e 319 nesta ordem; RiccK e Natividade, da Netshoes Miners, com 380 e 324 cada um; MVR, da Los Grandes, com 318; Jubinha e LobatoAM, da B4, com 324 e 326, respectivamente; e Phoenix, da Team Liquid, com 388.

Mesmo não tendo jogado a LBFF 1 e não estando nessa edição, a SS e-Sports é o time com mais “BOOYAH!” na história da LBFF: 45. Bem próximas de atingir essa marca estão a LOUD e Vivo Keyd, ambas com 42 vitórias e precisando de apenas oito para se tornarem a primeira equipe a atingir a marca dos 50. Na temporada regular, a LOUD fez 10 “BOOYAH!” e a VK 7, por isso nessa temporada, será interessante ver quem baterá o recorde primeiro.

2. Teremos o primeiro bicampeão?

B4 campeão da LBFF 6 em 2021
B4 foi a campeã da LBFF 6 em 2021 — Foto: Cesar Galeão

Nesse meio tempo, cinco LBFFs disputadas até agora e cinco campeões diferentes: Team Liquid, SS e-Sports, Fluxo, Vivo Keyd e B4 (atual campeã). Será que alguma dessas conseguirá o bi ou teremos mais um campeão inédito?

Por enquanto, apesar de não existir um time bicampeão, há um jogador bicampeão. Apelidado de “Senhor LBFF”, JapaBKR continua sendo o único jogador campeão de duas edições de LBFF: a 1.ª pela Team Liquid e a 4.ª pelo Fluxo.

3. Novos times

Equipe BD Vasco na LBFF 2022
Vasco chega à série A após ter sido campeão da série B da LBFF — Foto: Garena Free Fire

Além dos times tradicionais que estiveram sempre presentes na Liga Brasileira de Free Fire, nesta sétima etapa da LBFF, quatro times estarão fazendo sua estreia na liga: BD Vasco, Liberty, Magic Squad e 00 Nation.

Veja também: três equipes vendem vagas na Série A

Em contrapartida, subindo para a elite do Free Fire, o Vasco chega à série A após ter sido campeão da série B da LBFF. O time conquistou o título somando 109 pontos no dia decisivo. Para a LBFF 7, a equipe firmou uma parceria com a Black Dragons e agora vai se chamar BD Vasco. O elenco da série B foi mantido e trouxe apenas um reforço para esta temporada, o LoiroRJ. 

00 Nation na LBFF 2022
00 Nation ficou com a vaga do Santos — Foto: Garena Free Fire

Já a Magic Squad, antiga “Tropa do Bruxo”, chegou à Série A pela primeira vez após somar 119 pontos no Grupo de Acesso da LBFF 6 e ficar em 2° lugar no ranking da competição. Com a 00 Nation, que ficou com a vaga do Santos eSports, a Magic Squad estreia na série A da LBFF.

4. Mais de um MVP?

MVP LBFF 6 em 2021
MTS foi o último MVP da LBFF 2021 — Foto: Cesar Galeão

Agora, a partir da LBFF 7, a competição terá mais de um MVP coroado. A primeira corrida ao título será na Fase de Classificação. Durante 27 rodadas, os jogadores da LBFF irão disputar o topo do ranking para ser eleito o MVP da temporada. Além disso, a corrida pela coroa começa novamente entre os 12 finalistas. Na Final, marcada para o dia 16 de abril, o placar será zerado e, seguindo o critério Mundial, será eleito MVP da Final o jogador que fizer mais abates pelo time campeão.

Para saber mais detalhes das regras da competição é só acompanhar o vídeo abaixo:

5. Phoenix23 e Jubinha separados

Pela primeira vez em uma LBFF, os atletas Phoenix e Jubinha estarão em times diferentes. Este ano, Phoenix foi para a Team Liquid e Jubinha jogará a LBFF 7 pela B4. Além de Jubinha, outra grande contratação da B4 foi Chinês, que estava na Nitroxx. Já a Team Liquid também reforçou sua equipe com o atual MVP da Liga, o Mts.

Outras mudanças das lines da LBFF 6 para a 7 incluem:

B4:

  • Saíram: Ruan, Prozin e Joao7
  • Chegaram: Jubinha, Renan e Chinês

Netshoes Miners:

  • O time manteve o seu elenco da última temporada. Sem mudanças.

Nitroxx:

  • Saíram: Chinês, JHZZ, Brabo e Bonzai
  • Chegaram: Salles, João, Qualy e Prozin

Vivo Keyd:

  • Saiu: Reei
  • Chegou: Kbção

Fluxo:

  • Saiu: Godkill
  • Chegou: Ousado

LOUD:

  • Saiu: Brabox
  • Chegou: Lost21

Real:

  • Saíram: Fon, Autobut, Lucca9, Ph e Raul7
  • Chegaram: Triplox, Antunes e JapaXL

Corinthians:

  • Saíram: Ousado, Leozin e Bops
  • Chegaram: Memgod, Band e Vitinxp

Los Grandes:

  • Saíram: Mamute e RafaX
  • Chegaram: Rhuan e Fon

Meta:

A Meta Gaming foi o time que mais mudou a sua line para essa temporada. O time manteve somente o Cauê, o seu suporte.

  • Saíram: Lost21, Yan7, Guimons, Draxx7 e Nickolas.
  • Chegaram: Pão7, Mamute, RafaX e Erick11

Tropa:

  • Saíram: Guiga, Legit, Saimon e Pregui
  • Chegaram: Mandela e Biel

6. Pra ficar de olho na temporada

LOUD na LBFF 7
LOUD é a que tem a melhor média de abates por queda — Foto: Garena Free Fire

Entre as 5 equipes que mais participaram da LBFF (LOUD, B4, Vivo Keyd, Corinthians e FURIA), o time da LOUD é a que tem a melhor média de abates por queda (3,82) e a melhor média de “BOOYAH!” por queda (0,105). É também a equipe com mais abates (1525) e BOOYAH! (42) na história da LBFF. A organização costuma ser consistente, é a que menos mudou o seu elenco em toda LBFF, com apenas 4 trocas durante as 5 temporadas.

Já a Vivo Keyd é o time que mais foi ao pódio na competição.  Segundo lugar na LBFF 1, 2° lugar na LBFF 3, 1° na LBFF 5 e 2° na LBFF 6. Na temporada em que foi campeã, a VK bateu o recorde de abates em uma final, com 49 kills, além de passar a marca dos 1.000 abates, o terceiro time com mais kills em uma rodada de fase regular, com 47. 

Vivo Keyd na LBFF 7
Vivo Keyd é o time que mais foi ao pódio na competição — Foto: Garena Free Fire

Enquanto isso, o técnico do Fluxo, K9, é aquele com mais seleções da LBFF da história. Hoje, ele possui 3 premiações (LBFF 1, 4 e 5). Além dele, Syaz já venceu todas as premiações individuais da LBFF. O jogador já foi seleção da quarta e da quinta temporada, MVP da quinta temporada e brabo da galera da quinta temporada.

Na última temporada, quem ficou com o título de MVP foi Mts. O jogador fez 136 abates em 81 quedas. Will e Noda, da LOUD, faturaram os prêmios de Brabo da Galera e Jogada de Mestre, respectivamente. Durante a LBFF 6, alguns jogadores tiveram mais destaque em alguns mapas, sendo eles:

  • Bermuda: Mts007 — 57 abates;
  • Kalahari: Yago.exe — 43 abates;
  • Purgatório: Mts007 — 48 abates.
Curiosidades LBFF 7
LBFF 7 começa em 5 de fevereiro — Foto: Garena Free Fire

A Seleção da LBFF 6 foi anunciada com Mts007 (SS), Yago (B4), Chinês (NT10) e Lobato (B4), além do técnico Machado, que treinou a atual campeã da LBFF.  A B4 levou a competição com 111 pontos e 40 abates, superando Vivo Keyd, Fluxo e LOUD em uma disputa acirrada do início ao fim. Agora é esperar para ver o que essa temporada reserva.

Por fim, com o início da LBFF 7, a partir do dia 5 de fevereiro os fãs poderão acompanhar a série “O corre que ninguém vê” no YouTube. A novidade mostrará os bastidores dos times que disputam a LBFF, afinal, para chegar no topo é preciso muita dedicação. No primeiro episódio da nova série “O corre que ninguém vê”, o público conhecerá a caminhada de alguns jogadores da B4, Nitroxx eSports e Team Liquid.


COMPARTILHE:

Comentários

Agora, os fãs podem deixar comentários com sua opinião sobre o assunto:

CODIGUIN FF

Notícias Relacionadas: