Free Fire remove versão x86 do APK atualizado

Nova atualização do Battle Royale em março de 2022 chegou sem a arquitetura x86
Free Fire remove versão x86 do APK atualizado

Ronny Rolim

A nova atualização do Free Fire chegou nesta quarta-feira (23) e os jogadores de todo o mundo já podem desfrutar das mudanças implementadas pelos desenvolvedores. Embora as notas da atualização de março 2022 tenha sido divulgadas antecipadamente, a remoção da arquitetura x86 do novo APK foi um dos pontos que não foi previsto no conteúdo original.

De forma geral, o Free Fire é produzido nas arquiteturas x86 e x64, sendo este último utilizado no Brasil e na maioria das lojas de aplicativos internacionais, á exemplo da Google Play e da Apple Store. A versão Free Fire x86 é disponibilizada apenas em lojas alternativas, como Xiaomi, Samsung e Huawei.

Agora, após a atualização do Free Fire em março 2022 nesta quarta-feira (23), as lojas Xiaomi, Samsung e Huawei não disponibilizaram a versão de x86, mas apenas de x64, a mesma disponibilizada nas lojas como Google Play e Apple Store.

O que é Free Fire x86?

Free Fire x86
Free Fire x86

Free Fire x86 é um APK que contém a arquitetura de 32 bits, ela é mais adaptável em computadores fracos e com poucos recursos de processador e memória. Além disso, os jogadores que utilizam emulador preferem essa versão, pois ajudam a manter o FPS do jogo.

O suposto aumento no desempenho do Battle Royale tornou o APK uma mania para os jogadores que podem encontrar downloads do Free Fire x86 na internet, principalmente por links no YouTube. Inclusive, também é mostrado a melhora no quadro de FPS em relação à arquitetura padrão (x64).

redução tamanho APK Free Fire
Free Fire teve redução no tamanho do APK

De acordo com um exclusivo confirmado pelo Free Fire Mania, o Free Fire reduziu em cerca de 43% o espaço necessário para ser instalado. Em outras palavras, o tamanho do arquivo APK foi quase cortado pela metade. Portanto, esse pode ser o principal motivo da Garena ter removido o Free Fire x86 das lojas de aplicativos.

Também com base em contatos com desenvolvedores do Battle Royale, a Garena sabia que Free Fire não poderia ser um jogo pesado, com muitos arquivos e ocupando muita memória, processador ou dados de internet porque as pessoas não conseguiam jogá-lo.

Vale lembrar que diversos jogadores e influenciadores foram banidos pelo uso do Free Fire x86, pois como é um aplicativo não oficial no Brasil, a Garena pode suspender a conta de usuários que utilizam.


COMPARTILHE:

Comentários

Agora, os fãs podem deixar comentários com sua opinião sobre o assunto:

CODIGUIN FF

Notícias Relacionadas: