Liga Brasileira de Free Fire tem aumento de 107% de audiência de 2019 para 2020

Com apenas duas etapas, competição aumentou número de espectadores simultâneos por partida, quando comparada com a Free Fire Pro League 2019
Liga Brasileira de Free Fire tem aumento de 107% de audiência de 2019 para 2020

Ronny Rolim

A temporada 2020 da Liga Brasileira de Free Fire teve um aumento de 107% em espectadores simultâneos por partida quando comparada com a competição Free Fire Pro League, de 2019. Foram mais de 169 mil espectadores na FFPL contra 349 mil na LBFF.

Somente a 3ª Etapa da Liga Brasileira de Free Fire Série A, que terminou no último domingo (1º), teve um aumento de 200% na audiência quando comparada à Free Fire Pro League 3, evento que aconteceu no mesmo período em 2019.

A competição, que consagrou a SS E-sports como campeã da elite de Free Fire no Brasil, registrou um pico de 460 mil espectadores simultâneos durante a final.

Ao todo, as partidas desta Etapa da LBFF contabilizaram mais de 60 milhões de visualizações. A soma representa dados de YouTube, SporTV e BOOYAH, plataforma de streaming da Garena.

O sucesso da 3ª Etapa da LBFF transcendeu as plataformas de streaming e também chegou ao Twitter: por meio da hashtag #LBFF, os fãs enviaram mensagens de apoio às equipes durante a fase de classificação e nas finais. Foram cerca de 104 mil Tweets no período de classificação, sendo mais de 22 mil apenas durante a final, nos dias 31 de outubro e 1º de novembro.

Além da LBFF ter ficado no topo dos Assuntos de Momento do Twitter (Trending Topics), entre os principais Tweets estão mensagens como o anúncio da SS Esports como campeã da edição, o Flamengo B4 na expectativa de começar as partidas e, claro, a atleta Tami (SS E-sports) comemorando o feito de ser a primeira mulher campeã da LBFF.

Destaques da final

Líderes de abates da LBFF 2020

Embora a Black Dragons comandasse a tabela com liderança em Booyahs da competição, foi a paiN Gaming que se destacou nas finais: a equipe conseguiu três Booyahs no fim de semana de partidas decisivas e, com isso, subiu no ranking.

Mas, quando se trata de abates, não teve para ninguém: a SS E-sports marcou 69 eliminações nas 12 quedas das finais - com cada abate rendendo dois pontos. A equipe também registrou mais pontos durante uma única queda, marcando 51 na 6ª queda do dia 31 de outubro.

Veja abaixo o ranking final da competição:

Pos Equipe Pontos
1. SS E-SPORTS SS E-SPORTS 254
2. VIVO KEYD VIVO KEYD 218
3. TEAM LIQUID TEAM LIQUID 215
4. PAIN PAIN 214
5. BLACK DRAGONS BLACK DRAGONS 208
6. FLAMENGO B4 FLAMENGO B4 205
7. SANTOS SANTOS 202
8. Cruzeiro Cruzeiro 182
9. CORINTHIANS CORINTHIANS 164
10. RED KALUNGA RED KALUNGA 153
11. GOD E-SPORTS GOD E-SPORTS 142
12. FURIA FURIA 136

Free Fire Continental Series

Além de campeã da competição e de faturar o prêmio de R$ 50 mil, a SS E-sports garantiu vaga para o Free Fire Continental Series (FFCS), torneio latino-americano de Free Fire. Também se classificaram diretamente Vivo Keyd, Team Liquid e paiN Gaming.

Black Dragons, Flamengo B4, Santos Hotforex, Cruzeiro, Corinthians Free Fire e RED Canids Kalunga terão que disputar com outros seis times da Free Fire League (campeonato latino-americano), em 21 de novembro, as outras quatro vagas restantes.

A final da America Series da FFCS acontece no dia 28 novembro, com premiação total de US$ 300 mil.


COMPARTILHE:

Comentários

Agora, os fãs podem deixar comentários com sua opinião sobre o assunto:

CODIGUIN FF

Notícias Relacionadas: