Jogador de Free Fire vale R$ 5,3 milhões; Organização detalha contrato de Nativa

O valor é o maior já anunciado publicamente no Brasil e os detalhes foram revelados abertamente em um vídeo de anúncio
Jogador de Free Fire vale R$ 5,3 milhões; Organização detalha contrato de Nativa

Ronny Rolim

Os detalhes da renovação do contrato entre o jogador de Free Fire Nativa e a organização Netshoes Miners foram revelados na manhã desta quinta-feira (3). Conforme o vídeo divulgado com detalhes sobre a negociação, Patrick “Nativa”, de 23 anos tem uma multa rescisória de U$ 1 milhão de dólares, o equivalente a cerca de R$ 5,3 milhões de reais. Vale lembrar que a multa é aplicada caso o pro player quebre o contrato com a equipe, o mesmo tem validade durante todo o ano de 2023.

De antemão, é possível afirmar que o valor da multa rescisória negociada no contrato é o mais alto já divulgado oficialmente nos esportes eletrônicos brasileiros, visto que este tipo de negociação não é divulgada pelas partes.

À princípio, o diretor-executivo da Netshoes Miners, Marcelo Fadul, fez questão de divulgar os valores contratuais por conta da sondagem que Nativa vinha recebendo de outras organizações.

Sobre Nativa no Free Fire

Jogador Nativa Free Fire
Segundo contrato com a Netshoes Miners, Nativa vale R$ 5,3 milhões de reais — Foto: YouTube

Nascido e criado em Florianópolis (SC), Patrick “Nativa” nasceu em 14 de setembro de 1998 e também é conhecido como “Natividade”, sendo um dos jogadores mais experientes do cenário nacional de Free Fire, com passagens pela GOD e-Sports, Rages, Los Grandes e Cruzeiro eSports. Atualmente, Nativa defende é o principal nome da Netshoes Miners.

Nativa está no auge da sua carreira como jogador de Free Fire, mas nem sempre foi assim. A vida profissional não foi fácil e começa como atendente de farmácia e passando por gari e, com a rescisão deste último contrato de trabalho, comprou um celular e começou a jogar o Battle Royale da Garena.

Aos 21 anos Nativa foi campeão do Rei do Solo, torneio individual patrocinado pela Garena. Além do título do torneio, conseguiu um contrato com uma das maiores organizações do país, o Cruzeiro.

Principais conquistas de Nativa no Free Fire

Nativa Free Fire
Melhor colocação de Nativa em um torneio oficial foi um 3º lugar na quarta temporada da LBFF pelo Cruzeiro eSports — Foto: Free Fire eSports

Melhor resultado na história da LBFF: 

  • 3º lugar na quarta temporada pelo Cruzeiro eSports.

Número de quedas disputadas na história da LBFF:

  • Antes da sexta temporada: 243
  • Sexta temporada: 81
  • Total: 324

Número de abates na história da LBFF

  • Antes da sexta temporada: 238
  • Sexta temporada: 92
  • Total: 330

Outros resultados em competições oficiais do Free Fire:

  • 6º lugar na primeira temporada da Série C da LBFF pela Rages;
  • 7º lugar na C.O.P.A. Free Fire pela Los Grandes;
  • 8º lugar na terceira temporada da LBFF pelo Cruzeiro eSports;
  • 9º lugar no Free Fire Continental Series 2020: Americas pelo Cruzeiro eSports;
  • 4º lugar na quinta temporada da LBFF pela Netshoes Miners;
  • 11º lugar na sexta temporada da LBFF pela Netshoes Miners.

A LBFF 7 começa neste sábado, com 18 equipes participantes disputando uma premiação total de R$ 735 mil, sendo R$ 105 mil reservados para a campeã. Na fase de classificação, os times se enfrentarão em 27 rodadas, disputadas ao longo de nove semanas, com jogos aos sábados, domingos e segundas-feiras. A final está marcada para 16 de abril.


COMPARTILHE:

Comentários

Agora, os fãs podem deixar comentários com sua opinião sobre o assunto:

CODIGUIN FF

Notícias Relacionadas: