Free Fire: jogadores que se unem a hacks perderão suas patentes

Vale lembrar que, caso um jogador dispute partidas de forma aleatória ao lado de um trapaceiro, não haverá consequências
Free Fire: jogadores que se unem a hacks perderão suas patentes

Ronny Rolim

Garena Free Fire foi lançado em 2017, e o jogo teve um crescimento impressionante desde então. Os números também foram impressionantes, pois o popular jogo de tiro de sobrevivência atingiu a marca de um bilhão de instalações na Google Play Store no ano passado.

A imensa fama e amor levaram os desenvolvedores a apresentarem o Free Fire MAX, uma versão aprimorada do jogo original. A variante MAX também registrou mais de 100 milhões de downloads na Play Store, e o crescimento dos números não está desacelerando.

Apesar da grande base de usuários, muitos trapaceiros também estão presentes no jogo. Alguns jogadores usam vários tipos de hacks para obter benefícios injustos no campo de batalha. No entanto, as medidas anti-hack da Garena levaram a milhares de banimentos de contas.

Além disso, diversos outros jogadores não usam hacks em seus dispositvos, mas se unem a eles para ganhar vantagens no campo de batalha. Eles se juntam em partidas em duplas (DUO) ou esquadrão (Squad) e tiram proveito das ferramentas ilegais para subirem patentes.

Agora, o Free Fire atualizou sua política de consequências e rebaixará a patente Bronze (mais baixa do jogo) todos os jogadores que se unirem deliberadamente com trapaceiros. Ou seja, mesmo aqueles jogadores que não utilizam hacks, serão penalizados através de sua patente no jogo.

Vale lembrar que, caso um jogador dispute partidas de forma aleatória ao lado de um trapaceiro, não haverá consequências, visto que a nova pune apenas aqueles usuários que jogam com hacks por vontade própria.


COMPARTILHE:

Comentários

Agora, os fãs podem deixar comentários com sua opinião sobre o assunto:

CODIGUIN FF

Notícias Relacionadas: