Capgui usa SPEC da Tropa de forma irregular e equipe é penalizada

Por ser uma infração reincidente com a equipe, a Tropa está com acesso ao Spec suspenso
Capgui usa SPEC da Tropa de forma irregular e equipe é penalizada

Ronny Rolim

Capgui, técnico da organização Tropa, foi advertido e a organização foi punida com a perca do SPEC (Cliente de Espectador) após fazer uso não autorizado da ferramenta. Por ser uma infração reincidente, o coach e a organização foram penalizados pela Garena.

Vale lembrar que o SPEC é uma ferramenta que melhora a visibilidade e transmissão das partidas transmitidas a partir de Salas Personalizadas, incluindo a famosa câmera aérea. Além disso, o sistema é restrito e só pode ser liberado para influenciadores e organizações presentes na Liga Brasileira de Free Fire (Série A).

Veja também: regras para utilização do SPEC no Free Fire

Entenda o caso

O técnico CapGui, da Tropa, fez uso não autorizado do SPEC com uma conta que não pertencia à equipe. Nenhuma outra equipe da Série A estava com o acesso à conta.

Por ser uma infração reincidente com a equipe, a Tropa está com acesso ao Spec suspenso. O técnico foi advertido pela infração.

Sobre Capgui

Capgui

Guilherme Costa (conhecido como Capgui) atualmente é técnico (coach) da equipe mobile da Tropa e se destacou no cenário emulador de Free Fire, um dos responsáveis pela boa campanha da equipe em sua estreia na Liga Brasileira de Free Fire.

Além da sua função de Coach, Capgui organiza e transmite x-treinos diariamente a partir das 10 horas. Apelidado de  “Bom dia Capgui”, arremata grandes amantes do competitivo desde a parte da manhã, transmitido ao vivo nos canais do YouTube e também na “Booyah!”, plataforma oficial da Garena.


COMPARTILHE:

Comentários

Agora, os fãs podem deixar comentários com sua opinião sobre o assunto:

CODIGUIN FF

Notícias Relacionadas: