14 jogadores, 2 técnicos e 1 equipe é banida pela Garena da LBFF 2021

Equipes da Medellin e Oz Trutas sofrem punições por ato de conspiração.
14 jogadores, 2 técnicos e 1 equipe é banida pela Garena da LBFF 2021

Clara Camargo

Hoje, no início da tarde, o público foi surpreendido por um comunicado oficial emitido pelo site do Free Fire Esports, onde foi informado que 14 jogadores, 2 técnicos e 1 equipe é banida pela Garena da LBFF 2021.

Os jogadores e técnicos envolvidos fazem partes das equipes Medellin e Oz Trutas, que disputaram a série B da LBFF 5. A acusação veio do ato de conspirar, proibido no regulamento do campeonato, os responsáveis pelas equipes na época José Carlos de Carvalho e Rafael Moreira Mendes estão envolvidos nas acusações e foram punidos sendo suspensos da LBFF por tempo indeterminado. 

O que diz o comunicado:

LBFF - COMUNICADO
LBFF - COMUNICADO
"O Sr. José Carlos de Carvalho e o Sr. Rafael Moreira Mendes estão suspensos da LBFF por tempo indeterminado.
Os técnicos e os jogadores atuantes na LBFF 5 nas equipes OZ TRUTAS e MEDELLIN GAMES, estão suspensos da LBFF pelo menos até o final da Temporada 2021.
A equipe MDL eSports está desclassificada da LBFF."

Foi investigado e confirmado pelos oficiais da Garena por meio de análise e evidências, que o Sr. José (na época, responsável pela equipe OZ TRUTAS) e o Sr. Rafael (responsável pela MDL eSports, que levava o nome MEDELLIN GAMES na LBFF 5), seus técnicos e os jogadores inscritos nas equipes OZ TRUTAS e MEDELLIN GAMES, teriam conspirado durante a LBFF 5 na Série B.

A equipe da Medellin recebeu como punição a desclassificação da LBFF 6 Série B, que estava em andamento, não haverá outra equipe para substituí-la, portanto, o grupo que a equipe pertencia, ficará com um time a menos.

Os técnicos e jogadores estão suspensos pelo menos até o final da Temporada 2021 da LBFF e não poderão ser inscritos em nenhuma equipe de nenhuma Série da LBFF. No final da punição, após o término da Temporada de 2021, será avaliado se os jogadores e técnicos poderão retornar para jogar a Liga. São eles:

  • Guilherme “Andrade10” Vicente Andrade
  • Addyson Cesar “FALLENx” Ferreira de Oliveira
  • Kauã Matheus “GARCIA7” dos Santos de Azevedo Garcia
  • Guilherme “GKZINNx” Alves Pinheiro
  • Douglas “Rynut” Gomes Rodrigues
  • Wilian “WILL777” Falcão Andrade Rosa
  • Mathias “ZIKKA7” dos Passos Farias
  • Lucas “LG6” Osvaldo Garcia
  • Douglas “Pires” da Silva
  • João Gabriel “JAUM” Nunes dos Santos
  • Carlos Eduardo “FOOXY” da Silva Pereira
  • Leandro “ALPHA” de Miranda Luz
  • Matheus “VENTURA” Boaventura Malaquias Reis
  • José Guilherme “HAWKING” Correa.

Regra aplicada

A regra que foi quebrada pelas equipes, está no regulamento presente na Liga que é liberado no site da competição para ser visualizado. Dizendo ela: 

10.1 Conspirar 
Participantes que conspirarem com outras pessoas, seja com outros participantes ou pessoas de fora da competição, com o intuito de enganar, trapacear ou ganhar qualquer tipo de vantagem, serão penalizados, podendo chegar à desclassificação da competição. 

Diante disso, as equipes, jogadores e técnicos penalizados ainda não se pronunciaram publicamente sobre o acontecimento nas redes sociais.


COMPARTILHE:

Comentários

Agora, os fãs podem deixar comentários com sua opinião sobre o assunto:

CODIGUIN FF

Notícias Relacionadas: