Dancinhas e Emotes são alvos de Processos por Direitos Autorais

Saiba tudo sobre: Dancinhas e Emotes são alvos de Processos por Direitos Autorais
Dancinhas e Emotes são alvos de Processos por Direitos Autorais

Ronny Rolim

Olá Maníacos,

Quem ai não curte zoar os inimigos usando um Emote com uma dancinha?

Pois bem, as dancinhas podem estar com os dias contados no Free Fire!

A Epic Game, proprietária do jogo Fortnite, Battle Royale similar ao Free Fire, que iniciou o sistema de "emotes e danças" está sofrendo inúmeros processos nos EUA sobre os passos de danças vendidos dentro do game e, recentemente, o advogado que representa a companhia alegou ao Tribunal da Califórnia que passos de danças e rotinas de danças não são protegidos por copyrights, acendendo novamente a discussão sobre plágio ou uso indevido de direitos autorais.

Para quem não se lembra, diversos artistas como rapper 2 Milly, Alfonso Ribeiro (Carlton de “Um Maluco no Pedaço”) e muitos outros moveram ações judiciais contra a Epic Games, alegando que o uso das danças e coreografias de suas músicas ou shows são ilegais, algo que requereria o licenciamento dos movimentos ou pagamento de royalties.

Entretanto, a Epic Games mais uma vez alegou que não está fazendo nada de errado. O rapper 2 Milly, no entanto, diz que a Epic roubou seus passos, chamados de Milly Rock, e o rebatizou para Swipe It, cobrando os jogadores para ter os passos de dança dentro do game.

E aí? Quem está certo? O rapper 2 Milly, Alfonso Ribeiro e outros artistas, ou a Epic Games com os lucros de Fortnite?

O Free Fire seguiu os passos do Fortnite e também conquistou o publico com as dancinhas, caso a Epic Games perca o processo, isso poderá afetar diretamente também o Free Fire.

Será que uma solução seria liberar os Emotes de graça a todos os jogadores?


COMPARTILHE:

Comentários

Agora, os fãs podem deixar comentários com sua opinião sobre o assunto:

CODIGUIN FF

Notícias Relacionadas: