Made In Brazil: MIBR anuncia chegada ao Free Fire e disputará a Série B da LBFF

Equipe é gerida pela Immortals Gaming Club, a mesma que cuidou do time de Free Fire do Corinthians
Made In Brazil: MIBR anuncia chegada ao Free Fire e disputará a Série B da LBFF

Ronny Rolim

MIBR, também conhecida como Made In Brazil, anunciou nesta quinta-feira (16) a sua entrada no Battle Royale da Garena e irá disputar a Série B da Liga Brasileira de Free Fire (LBFF), a partir de 2022 (LBFF 7). A previsão é que em janeiro, a Org recém chegada ao jogo divulgue os nomes dos jogadores e comissão técnica. 

Antes de tudo, o MIBR foi fundada em 2003, quando o pai do dono da equipe (Paulo Velloso), decidiu investir e organizar a equipe de Counter Strike (CS) do seu filho (Rafael "pred" Velloso). O investimento de Paulo elevou o nível da equipe e a levou a se tornar a melhor equipe do Brasil atraindo a atenção do mundo para o CS brasileiro.

Apesar disso, sem previsibilidade de faturamento, em 2016 a equipe fechou as portas voltando somente em 2018 após organização americana de esportes eletrônicos Immortals (atualmente Immortals Gaming Club) adquirir todos os direitos do MIBR.

Vale lembrar que a Immortals Gaming Club é a mesma que dirigiu o departamento de Esports do Corinthians e foi responsável pelo time de Free Fire do Corinthians FF até o mês de novembro de 2021. Com o fim da parceria a IGC se uniu ao MIBR para continuar disputando a LBFF.

Definitivamente, o MIBR entrará na série B na Liga Brasileira de Free Fire (LBFF) com planos de alcançar a série A já em 2023.

"O maior time do Brasil não poderia deixar de estar no jogo de maior sucesso do Brasil. Os números do battle royale da Garena na internet são impressionantes. Queremos construir uma imagem do MIBR neste game, assim como foi construída no CS e Rainbow Six. Queremos dar oportunidade a novos talentos para se desenvolverem e trilhar um caminho da vitória junto de novos e antigos fãs",  destacou Yuri Uchiyama, executivo do MIBR.


COMPARTILHE:

Comentários

Agora, os fãs podem deixar comentários com sua opinião sobre o assunto:

CODIGUIN FF

Notícias Relacionadas: