Bak saiu da LOUD, mas quem paga a multa de 1,2 milhão de reais pelo fim do contrato?

Jogador se despediu da organização LOUD nesta terça-feira e seguirá outro rumo na carreira.
Bak saiu da LOUD, mas quem paga a multa de 1,2 milhão de reais pelo fim do contrato?

Ronny Rolim

Gabriel Lessa, mais conhecido na comunidade do Free Fire por “BAK”, parou o cenário nacional de e-Sports nesta terça-feira (20) ao anunciar sua saída da LOUD, famosa organização do Free Fire.

Bak chegou na LOUD em Novembro de 2019 e com um contrato milionário e muito bem redigido, a multa para rompê-lo é de 1,2 milhão de reais, foi o que apurou as fontes internas do Free Fire Mania.

Mas afinal, quem paga essa multa altíssima para que o jogador possa romper tal contrato?

De fato, o jogador não é o responsável pelo pagamento da multa contratual, mas sim a sua próxima organização.

O verdadeiro responsável pelo pagamento de 1,2 milhão de reais para romper o contrato e tirar o BAK da LOUD é sua nova organização, que ainda está mantida em segredo pelo jogador.

Veja também: quanto custa uma vaga na Série A da LBFF?

Por conta do alto valor da quebra de contrato, a criação de uma equipe própria, sonho de muitos fãs, é praticamente descartada.

Alem disso, há fortes rumores de que o jogador BAK já estaria acertado com a paiN Gaming, uma das maiores organizações de esports do mundo.

Por fim, existem fãs que sonham em vê-lo jogar no FLUXO, equipe dos astros Nobru e Cerol, mas até o momento, nenhum anúncio oficial foi confirmado.


COMPARTILHE:

Comentários

Agora, os fãs podem deixar comentários com sua opinião sobre o assunto:

CODIGUIN FF

Notícias Relacionadas: