Globo atuou para derrubar canal do Nobru na transmissão do jogo Athletico x Corinthians

Transmissão custou R$ 7,90 no estilo pay-per-view e Nobru prometeu reembolsar todos que assinaram, assim como acionar juridicamente o responsável.
Globo atuou para derrubar canal do Nobru na transmissão do jogo Athletico x Corinthians

Ronny Rolim

O canal do gamer Bruno Gomes, conhecido como Nobru, foi derrubado pela plataforma Twicht enquanto transmitia o jogo Athletico x Corinthians. Foi a Globo a responsável pela notificação que levou à queda do canal. Nobru tinha um acordo com o Athletico para poder passar a partida, enquanto o time paranaense tem uma decisão judicial que sustenta suas transmissões. Ou seja, a transmissão era regular.

Nobru prometeu encontrar uma solução junto a  plataforma Twitch para reembolsar todos os inscritos que pagaram R$ 7,90 para assistir a partida no formato Pay-per-view.

A disputa entre Athletico e Globo começou no meio do ano passado quando o governo federal editou a MP do Mandante. O clube paranaense, que não tinha vendido os direitos de pay-per-view para a emissora, negociou-os com a parceira Live Mode. A partir daí, houve uma disputa judicial em torno do direito de o Athletico transmitir jogos: o clube tem, neste momento, decisão favorável na Justiça do Paraná.

A Globo comunicou a Twitch de que eram burlados seus direitos contratuais pela transmissão. Com isso, o Twicht derrubou a transmissão. Só foi retomada depois do jogo.

Em uma mensagem no Twitter, Nobru afirmou:

"Jogo estava autorizado para ser transmitido, não sou maluco de transmitir algo sem consultar ou tiver a permissão família, mas relaxa, iremos reativar o canal e entrar com processo judicial com quem derrubou a live. Abraços e tô voltando para casa, Vai Corinthians!!!"

Além da Globo, Corinthians também tentou barrar a transmissão do jogo no canal do Nobru

Nobru transmite jogo de futebol
Nobru transmite jogo de futebol

No caso do jogo com o Corinthians, a briga se estendeu ao clube rival. A diretoria alvinegra também entendeu que tinha seus direitos de transmissão feridos pelo Athletico e entrou na Justiça para tentar barrar o jogo. Foi o que explicou o vice-jurídico corintiano, Herói Vicente.

A Justiça não deu liminar pedida pelo clube alvinegro. Então, o Corinthians desistiu da briga, embora acreditasse que o clube paranaense não poderia transmitir nem na sua plataforma nem de parceiros. O clube não tomou outras medidas na sequência.

Com a transmissão permitida, o Athletico negociou parceiras com a Jovem Pan e com o canal do Nobru, que é corintiano e tem 3,5 milhões de seguidores na plataforma. Ele é conhecido como gamer e campeão mundial do Free Fire. Ambos só podiam transmitir jogos em canal fechado, cobrando assinatura. Esse é o direito que o clube tem por decisão judicial.

Por fim, a Globo, através da sua comunicação, reconheceu sua ação, mas afirmou que foi equívoco e não uma atuação deliberada contra a transmissão:

"Não houve ação deliberada da Globo em relação à partida Athletico-PR x Corinthians. Foi um equívoco na rotina de ações de defesa dos direitos autorais e de transmissões de eventos. O fato de o Athletico-PR já ter transmitido outros jogos mostra que foi um fato isolado. É importante lembrar que a Globo sempre respeita e acata decisões judiciais, ainda que com elas não concorde."

COMPARTILHE:

Comentários

Agora, os fãs podem deixar comentários com sua opinião sobre o assunto:

CODIGUIN FF

Notícias Relacionadas: